whatsapp

instagram facebook twitter youtube

Surpresas sobre os benefícios do azeite de oliva extra virgem

Aqueles que seguem uma dieta mediterrânea que consiste numa baixa ingestão de carne vermelha e doce com maior ênfase em peixes, vegetais, nozes misturadas, grãos integrais, vinho (consumo moderado) e azeite tem maior qualidade de vida e menor taxa de mortalidade. Hoje, novas descobertas confirmam que o azeite de oliva extra virgem não refinado é uma das grandes fontes de polifenóis, podendo ativar ou silenciar genes, ativar reações metabólicas, atuar na metilação do DNA e de proteínas, inativar radicais livres – reduzindo assim o processo inflamatório como proteção contra o desenvolvimento de câncer, doenças cardiovasculares, diabetes, osteoporose e doenças neurodegenerativas. O teor de ácido oleico (gordura monoinsaturada) foi inicialmente considerado como a principal fonte de benefícios para a saúde do azeite. Atualmente, mais pesquisas afirmam que os benefícios para a saúde são derivados, além da gordura monoinsaturada, do alto teor de polifenóis do azeite que inclui: oleuropeína, tirosol e hidroxitirosol. Em 2017, o American Journal of Clinical Nutrition publicou um estudo que avaliou os efeitos do hidroxitirosol em cerca de 1.851 homens e mulheres. Os indivíduos foram divididos aleatoriamente em um dos três grupos de intervenção diferentes: Grupo 1: Dieta tradicional mediterrânea suplementada com azeite virgem extra. Grupo 2: Dieta tradicional mediterrânea suplementada com nozes. Grupo 3: Controle, dieta com baixo teor de gordura. Os resultados mostraram que sujeitos cuja intervenção incluiu uma dieta tradicional mediterrânea com adição de azeite extra virgem tinham pelo menos 56% de risco reduzido de um evento cardiovascular (ataque cardíaco, acidente vascular cerebral ou morte por causa cardiovascular), além disso, tinham em média, 9,5 anos de vida mais longa após a idade de 65. Referências: Schwingshackl L, Hoffmann G. Monounsaturated fatty acids, olive oil and health status: a systematic review and meta-analysis of cohort studies. Lipids Health Dis. 2014;13:154. Buckland G, Mayen AL, Agudo A, et al. Olive oil intake and mortality within the Spanish population (EPIC-Spain). Am J Clin Nutr. 2012;96(1):142-9. Rigacci S, Stefani M. Nutraceutical Properties of Olive Oil Polyphenols. An Itinerary from Cultured Cells through Animal Models to Humans. Int J Mol Sci. 2016;17(6). De la Torre R, Corella D, Castaner O, et al. Protective effect of homovanillyl alcohol on cardiovascular disease and total mortality: virgin olive oil, wine, and catechol-methylathion. Am J Clin Nutr. 2017;105(6):1297-304.

INFORMAÇÕES SOBRE CONSULTAS

Locais de atendimento:

Rio de Janeiro Av Embaixador Abelardo Bueno 1, sala 522, Edifício Ayrton Senna 2 - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ.

Telefone (21) 2051-9891

Email [email protected]com

FIQUE POR DENTRO

Quer receber mais informações ?

Cadastre-se na minha newsletter!

Pode ficar tranquilo(a) que não vou encher sua caixa de entrada.

SIGA-ME

Acompanhe-me nas minhas redes sociais:

instagram facebook youtube